“O Lado Escuro da Madrugada” irá instigar os leitores

Trama policial é intrigante e mostra os lados de uma sociedade coberta por preconceitos e mágoas

O livro O Lado Escuro da Madrugada, escrito pelo paulistano Roberto Giacundino, narra a morte de um publicitário durante uma premiação no Teatro Municipal em São Paulo, e a busca incessante de uma jornalista pela verdade.

A obra aborda crimes de ódio, agressão dentro de casa, maus tratos, bullying, uso de drogas ilícitas, e descreve com maestria o universo da alta sociedade jornalística.

Sandra Garcia, a excepcional jornalista de guerra; Simão Jordel, irmão da vítima; Fábio Guedes, parceiro de emissora; e Henrique Diolli, um jovem e competente hacker, entram em uma intensa busca pelo verdadeiro assassino de Evandro Jordel. Porém, os detetives aventureiros nem imaginam onde a trama os irá levar e que o passado voltará para assombrar.

Até o momento era apenas um crime, a não ser pelo fato que em poucos dias uma série de mortes sucedem o primeiro acontecimento e os envolve em uma rede de mistérios. O evento havia terminado de forma trágica, e o misterioso caso do Teatro Municipal começa para atormentar e instigar os leitores.